Travessia Igatu x Lençois
Chapada Diamantina, Bahia
6 dias - abr/2017

A Chapada Diamantina Selvagem

Na trilha do Calixto

Na primeira vez que estive na Chapada Diamantina visitei os pontos turísticos mais famosos da região, como o Morro do Pai Inácio, o Buracão, a Lagoa Azul e Lagoa Encantada. Estes atrativos são acessíveis por estrada e, eventualmente, com uma trilha curta de bate e volta. Me apaixonei pela Chapada e um ano e meio depois estava retornando. Nesta segunda vez, deixei o carro de lado para conhecer a Chapada do jeito que eu mais gosto: caminhando por suas trilhas. O roteiro consitia em uma travessia do Vale do Capão até Andaraí, passando por dentro do Vale do Pati. Dentro do Pati, estavam incluídos os seus atrativos mais populares: O Cachoeirão, o Morro do Castelo e a Cachoeira dos Funis.

Deixei a Chapada novamente com vontade de retornar. Eu estava curioso para desbravar as outras formas de acessar e sair do Pati. Um ano e meio após minha segunda visita, estávamos partindo para a terceira viagem à Chapada, viagem que relato agora. Desta vez, deixamos de lado as trilhas mais batidas e procuramos as alternativas mais selvagens. O Vale do Pati novamente seria cruzado, porém não seria o foco da viagem. Nosso roteiro de seis dias de caminhada parte da minúscula cidade de Igatu, desce para o leito dos rios Paraguaçu e Pati e, alcança o Pati em meio aos canyons. Depois, deixamos o Pati pela trilha do Calixto em direção à Cachoeira da Fumaça por cima. Na sequência, passamos pela Fumaça por baixo, terminando na cidade de Lençóis.

Dentre as três visitas à Chapada, esta foi a mais exigente fisicamente. Apesar de apenas 2,5 Km mais extensa do que a travessia anterior, as descidas e subidas íngremes, as caminhadas em trilhas pouco utilizadas e, sobretudo, as caminhadas através dos leitos dos rios foram extremamente desgastantes. Fora o desgaste físico, as trilhas exigiram constante atenção à orientação. Seja para buscar as melhores passagens entre as pedras nos rios ou, em terra firme, para se manter na trilha correta, precisávamos sempre estar atentos na direção a seguir nos próximos metros.

Todo o esforço foi recompensado. Conhecemos cachoeiras incríveis, visuais deslumbrantes e recantos explorados por poucos. Uma viagem perfeita para sentir a natureza na sua forma mais pura, para sentir a deliciosa sensação de isolamento e liberdade. Novamente, retornei para casa já pensando no próximo roteiro. A Chapada me surpreendendo com sua força, sua beleza bruta, seu brilho e quero muito continuar a explorá-la.

Por: Ângelo Vimeney
Publicado em: 22/06/2017

Deixe seu comentário!


Acompanhe as novidades:




Gostou? Compartilhe!




Além dos relatos:


Cartas topográficas
Cartas topográficas
Originais disponíveis
para download!

Mais populares:


Yosemite
Yosemite
jun/2015
14 dias
Yellowstone
Yellowstone
set/2018
14 dias
Chapada Diamantina
Chapada Diamantina
Out/2015
6 dias
Chapada Diamantina
Chapada Diamantina
Abr/2017
6 dias
Torres del Paine
Torres del Paine
Fev/2012
6 dias
Alto Palácio x S. Alves
Alto Palácio x S. Alves
Abril/2019
3 dias